Avançar para o conteúdo principal

Benfica vs ZON


Luís Filipe Vieira tece fortes críticas à atitude do presidente da Zon TV, Rodrigo Costa, no processo negocial para a aquisição dos direitos de transmissão dos jogos do Benfica, frisando que quem quiser entrar no clube «terá que ter boa-fé nas negociações e pagar o justo valor pela marca Benfica». O líder dos encarnados diz que os comentários ao jogo com o Olympiakos «não foram inocentes».

«O senhor Rodrigo Costa sabe quais são as condições para entrar no Benfica: terá que ter boa-fé nas negociações e pagar o justo valor pela marca Benfica», afirmou Vieira, este domingo, na inauguração oficial da Casa do Benfica de Castelo de Vide, em Portalegre, referindo que «talvez com outro presidente ou com outra direcção, a Zon já tivesse assegurado os direitos de transmissão da Benfica TV».

O presidente do clube da águia fez questão de manifestar o seu desagrado com a transmissão do jogo com o Olympiakos, bem como com os comentários feitos durante a partida. «A transmissão do jogo da passada quinta-feira pela Zon foi feita contra a vontade do Benfica e os comentários que se ouviram durante a transmissão não foram inocentes», defendeu, deixando a garantia: «Podem atacar-nos, podem tentar desestabilizar o nosso trabalho, mas uma coisa podem ter a certeza: o rumo está traçado e não desviaremos um milímetro da direcção que definimos».

Assumindo que a última semana «não foi particularmente feliz» para o clube, por força da pesada derrota na Grécia, Vieira assegurou que vai manter-se empenhado para que o Benfica continue a «crescer».

«O tempo dos oportunistas no Benfica já passou. O tempo em que alguns dirigentes se moviam pela sede de protagonismo e pelo puro oportunismo já acabou. O tempo em que alguns dos seus dirigentes ganharam dinheiro à conta do Benfica já não volta. Não voltaremos ao passado, por muito que alguns o desejem», rematou.

in Abola

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Saber número de eleitor e local de voto por SMS
Documentos necessários para votar?

Aproximam-se as eleições e com o novo cartão do cidadão a substituir o Bilhete de Identidade, o seu local de voto é alterado de acordo com o seu local de residência. Surge então a dúvida. Onde votar? Qual é o meu local de voto?

Alem disso quais os documentos necessários para se poder votar?

Qual o meu número de eleitor?

As novas tecnologias e sistemas informáticos permitem saber através de SMS, o seu local de voto e o seu número de eleitor.

Para tal basta enviar uma SMS para o número 3838 com o texto "RE (nº de BI) (data de nascimento) no formato AAAAMMDD, exemplo: RE 1444880 19531007"

A resposta terá o local de voto e o número de eleitor, que são suficientes para poderes votar.

Documentos necessários para poder votar?
O seu Bilhete de Identidade/Cartão do Cidadão e saber o seu número de eleitor.




Outras questões relativamente ao Recenseamento Eleitoral:

Quando mudo de residência, o que devo fazer para transferir para a minha inscrição no Recenseamento Eleitoral?
Solicitar e p…

Desconto de 6 cêntimos no combustível da Repsol - Cartão Banco Montepio

Através da parceria celebrada com a REPSOL, os Donos dos Banco, ou seja os Associados do Montepio Geral- Associação Mutualista têm agora uma vantagem adicional: um desconto de 6 cêntimos por litro no abastecimento de combustíveis na Rede de Estações de Serviços Repsol aderentes em Portugal Continental e Madeira. O desconto é imediato, basta apresentar o Cartão Montepio Repsol.
O valor do desconto é de 6 cêntimos de euro, por litro, sobre o PVP afixado no posto, é imediatamente deduzido ao valor do abastecimento e constará do recibo emitido.
Para mais informações, consulte aqui as condições e como aderir ou dirija-se a um balcão do banco Montepio ou posto de abastecimento da Repsol.