Avançar para o conteúdo principal

Tribunal autoriza aluno a repetir exame

A prova de Química foi realizada hoje


Um aluno do 12º ano terá o direito de repetir a prova de Química que lhe poderá dar acesso ao Ensino Superior, decidiu o Tribunal Fiscal e Administrativo de Viseu, no passado dia 5 de Dezembro.

O tribunal ordenou igualmente ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior que crie uma nova vaga no curso pretendido pelo aluno, o de Medicina na Universidade de Coimbra, caso consiga alcançar uma média superior à do último aluno que entrou nesse curso.

De acordo com o 'Jornal de Notícias', o exame de realiza-se esta segunda-feira. O caso sucede ao de outros dois alunos, que entretanto já ingressaram nos cursos pretendidos, depois de terem repetido as provas de Química.

No Verão passado, a tutela autorizou os alunos que fizeram a prova de Química na primeira fase a irem à segunda fase, aproveitando a melhor notas dos dois exames, tendo três alunos considerado que as regras do jogo foram alteradas, uma vez que apenas foram à segunda fase, demonstrando que tiveram um tratamento desigual.

Que palhaçada é esta? Tudo bem que estamos em Portugal... mas mesmo assim é demais.. agora vamos a tribunal pedir para repetir exames nacionais? Mas o que é que tem este a mais que os outros milhares de alunos que tambem não foram á 1ª chamada e depois ficaram prejudicados? Andam a brincar com o ensino e com as pessoas... Já não basta a palhaça de deixarem os alunos ir á 2ª chamada ficando a 1ª sem efeito e ainda fazem isto, milhares de alunos a repetir o 12º ano neste país e estes 3 vão ao tribunal e repetem o exame?? è por isto que neste páis nada funciona como deve ser, cada um faz o que lhe apetece e salta por cima dos outros sem querer saber de nada..

Comentários

Anónimo disse…
Provavelmente esses três génios nunca iriam conseguir fazer o exame de Quimica. O que vale é a tutela dos pais para este tipo de protecção dos filhinhos.

Receio o tipo de licenciados que eles serão, ou ainda pior, que tipo de médico esta pessoa será.

Mensagens populares deste blogue

Saber número de eleitor e local de voto por SMS
Documentos necessários para votar?

Aproximam-se as eleições e com o novo cartão do cidadão a substituir o Bilhete de Identidade, o seu local de voto é alterado de acordo com o seu local de residência. Surge então a dúvida. Onde votar? Qual é o meu local de voto?

Alem disso quais os documentos necessários para se poder votar?

Qual o meu número de eleitor?

As novas tecnologias e sistemas informáticos permitem saber através de SMS, o seu local de voto e o seu número de eleitor.

Para tal basta enviar uma SMS para o número 3838 com o texto "RE (nº de BI) (data de nascimento) no formato AAAAMMDD, exemplo: RE 1444880 19531007"

A resposta terá o local de voto e o número de eleitor, que são suficientes para poderes votar.

Documentos necessários para poder votar?
O seu Bilhete de Identidade/Cartão do Cidadão e saber o seu número de eleitor.




Outras questões relativamente ao Recenseamento Eleitoral:

Quando mudo de residência, o que devo fazer para transferir para a minha inscrição no Recenseamento Eleitoral?
Solicitar e p…

Desconto de 6 cêntimos no combustível da Repsol - Cartão Banco Montepio

Através da parceria celebrada com a REPSOL, os Donos dos Banco, ou seja os Associados do Montepio Geral- Associação Mutualista têm agora uma vantagem adicional: um desconto de 6 cêntimos por litro no abastecimento de combustíveis na Rede de Estações de Serviços Repsol aderentes em Portugal Continental e Madeira. O desconto é imediato, basta apresentar o Cartão Montepio Repsol.
O valor do desconto é de 6 cêntimos de euro, por litro, sobre o PVP afixado no posto, é imediatamente deduzido ao valor do abastecimento e constará do recibo emitido.
Para mais informações, consulte aqui as condições e como aderir ou dirija-se a um balcão do banco Montepio ou posto de abastecimento da Repsol.

Tarifário Vodafone Directo - 8 cents/min para todas as redes!

O novo tarifário está disponível para todos os clientes Vodafone, sejam Vitaminas ou Yorns. A alteração para este tarifário implica o carregamento de 20 Euros.
O tarifário é de carregamento livre, contudo para ter acesso à tarifa de 8 cênts/min para todas as redes é necessário carregar 15 Euros por mês. Não efectuando carregamento ou carregando montantes inferiores a tarifa para todas as redes será 17 cênts/min.
Mais informações aqui ou pela linha 16911 (linha de apoio ao tarifário Vodafone Directo, taxada de 0,40 cênts/min)